Após mais de cinco anos, Municipal de futebol amador é retomado

O futebol amador local andava meio “escanteado”, sem competições há mais de cinco anos, e foi retomado na tarde deste domingo, 26, com dois jogos válidos pelo Campeonato Municipal de Futebol Amador, realizados no Estádio Municipal “Prefeito Eloizio Nunes da Luz”, o Balizão.
A competição dará direito ao campeão de levar a Taça Polo Centro de Futebol Amador 2017. O campeonato termina em 17 de dezembro e nas rodadas que virão, teremos, paralelamente, os jogos válidos pelo campeonato de futebol para veteranos.
A Coordenadoria de Futebol da Prefeitura Municipal de Nobres, através da sua equipe, acredita que a realização do campeonato de futebol amador acontece após negociações com o setor empresarial e com a própria administração municipal que trabalha para fechar o exercício administrativo e financeiro de 2017, após um ano difícil e de adaptações.
E o municipal de futebol amador começou bem, com resultados expressivos, como na surpreendente vitória do Sela Dourada sobre o Juventude/Lagoa Limpa por 8 a 2.
O time verde e branco do Juventude/Lagoa Limpa ressentiu-se da falta de experiência de alguns garotos, do que se aproveitou o time que representa a comunidade de Sela Dourada, na área rural de Nobres. Com uma formação diferente, a partir da chegada de jogadores mais experientes, ainda assim o Juventude/Lagoa Limpa não foi bem, levando de 8 a 2.
No segundo e último jogo da rodada, o time da Domínio Contabilidade demorou para se acertar, em que pese ter um bom elenco, formado pelos jogadores mais requisitados pelas equipes amadoras locais e regionais.
Mas os gols foram saindo, naturalmente, e veio o placar de 4 a 0 sobre o Juventude F-10, com Toré, Izael e Negão comandando as jogadas de ataque.
Teoricamente, o time da Domínio Contabilidade é um dos finalistas, valendo lembrar que a competição é curta e deve terminar em 17 de dezembro.
A arbitragem na rodada foi da dupla Leivinha/Alexandra Costa, com bom trabalho de ambos, sem nenhum comprometimento nos resultados.
Para o secretário de Governo e desportista Marcos Cheba, a retomada do campeonato de futebol amador não foi fácil, devido ao custo e a falta de recursos financeiros. “Temos o apoio do Polo Centro, o que nos garantiu a volta do futebol de campo no Balizão, e nós só temos a agradecer esse apoio”, acentua Cheba.   

Comentários