Após mortes e acidentes, autoridades cobram redutores de velocidade na MT 241

A morte Geraldino Manoel de Souza, atropelado próximo ao km 13 da MT-241 – estrada que liga Nobres a Bom Jardim na última sexta-feira, 20.10, trouxe à tona a insegurança às margens da rodovia.

Geraldino foi atingido por um caminhão, não resistiu aos ferimentos e morreu no  Hospital Laura de Vicunã.
 Apesar da fatalidade, o óbito reascendeu uma série de reivindicações dos moradores. São elas: falta de sinalização na pista, de redutores de velocidade, e recuo de veículos.
No mesmo dia um homem foi atropelado próximo a um acampamento do Movimento de Trabalhadores Sem Terra (MST). (Veja imagem)



 Moradores das comunidades localizadas as margens da rodovia, cobram melhorias e medidas de segurança.

Em entrevista ao Nobres Noticias, os sobrinhos de Geraldino, os vereadores Zilmai Ferreira de Jesus e o líder do prefeito, vereador Gidalti Ferreira de Jesus, popular Gida, reforçaram a necessidade da instalação imediata de dos redutores.






Fotos do atropelamento na noite da sexta-feira (20.10)- vítima não identificada

“A rodovia é bastante movimentada. Recebemos centenas de turistas aos finais de semana, além dos moradores que estão ao longo do trecho de  65 km, mesmo assim, muita gente se arrisca.”, explicou Gida.

Segundo a vereadora Zilmai, o pedido já foi protocolado na Secretaria de Estado de Infraestrutura.
“Vamos novamente cobrar do governo uma posição, não podemos esperar que outros acidentes aconteçam, pretendo ir pessoalmente se precisar falar com representantes da Sinfra”, declarou a vereadora.

O líder do prefeito adiantou que o prefeito Leocir Hanel pretende reunir na próxima semana com o secretário Marcelo Duarte para garantir agilidade.

Comentários